Flash-Nude Fluid

4.08.2019

Como podem ver pela foto já estou para vos falar desta base da Filorga desde Novembro!! Fui testando, testando, e entretanto esqueci-me de vos falar dela. Apesar de não ser uma novidade acabadinha de chegar às lojas, é a base que uso mais vezes por ser a coisa mais fácil de aplicar com ingredientes de tratamento - ao estilo Filorga - que a minha pele adora.

Parece magia mas não é. Só mesmo experimentando é que percebem como é que uma base tão leve, com uma textura tão líquida e fina, dá uma cobertura à pele que a deixa perfeita e ao mesmo tempo natural. Esta é para mim a maior qualidade da Flash-Nude Fluid e a qualidade que mais procuro em qualquer base.

Outra característica incrível é o facto de tornar a pele mais lisa, graças ao ácido hialuronico associado a um ingrediente vegetal, quanto mais vezes a usamos. Acreditem que não é mentira. Quanto mais a uso mais a quero usar e é um fenómeno instintivo. Como sabem tenho na minha coleção muitas bases mas a minha mão tende sempre a fugir para esta porque posso contar com bons resultados sempre.


Para além disso tem uma cobertura possível de construir, podem facilmente aplicar apenas uma camada, ou duas, ou três, e o acabamento nunca fica pesado, a pele não deixa de ficar sempre com um look natural. Nem mate nem com excesso de brilho.

É adequada a qualquer tipo de pele e a minha mista com tendência a oleosa dá-se super bem. Tem ainda uma durabilidade a cima da média portanto se não forem de mexer na cara vão chegar ao fim do dia impecáveis! Muito importante referir que tem SPF 30 e uma ação antipoluição que ajuda a proteger a pele. I mean, o que podemos querer mais?!

2 comentários

  1. Como te compreendo Sofia! Ando com uma amostra dessa base ali na minha "zona de maquilhagem" há uns meses e ainda não experimentei. No entanto, confesso que agora fiquei ainda mais curiosa :)
    Beijinho

    ResponderEliminar
  2. Não conhecia essa marca. tenho que a ir espreitar hehe

    dorky-and-weird.blogspot.com

    xoxo <3

    ResponderEliminar