Casinha Boutique Café

O sítio que mais queria visitar quando fui passar um fim-de-semana ao Porto era a Casinha Boutique Café

Já oiço falar do espaço e das suas coisinhas boas há séculos e estava em ânsias! Esse dia chegou em forma de brunch, e que brunch! 

Podemos começar pelo espaço? Lindo por fora, uma casinha super fofa com azulejos típicos portugueses que deixam antever um corredor amplo e um espaço verde no fundo. A primeira sala à direita tem as tais coisas boas em exposição e algumas mesinhas. Um espaço muito cozy, apesar do pé direito elevado. Toda a decoração é bastante cuidada, não existem ‘peças soltas’, o estilo que predomina é o clássico mas sem ser antigo, bastante moderno e fresco! 



A sala ao fundo do corredor é igualmente fofa e foi aí que me entreguei de corpo e alma ao brunch. Comi um croissant maravilhoso de sementes, um scone, iogurte grego com doce de framboesa e ainda (metade, não aguentava mais) a tosta tradicional, com queijo fresco, rúcula, orégãos e azeite.


 Para beber optei pelo chá gelado. No fim podemos escolher um bolo dos vários que estão  disponíveis. Como mega gulosa, escolhi o cheesecake de Oreo, e o Rui o bolo de chocolate. Tudo por 10,95€ 


Por onde começar? Foi sinceramente um dos melhores brunches que já comi, e acreditem que já comi muitos. Gosto de brunches que são um ‘exagero’ de pequeno-almoço e por isso amei este. Tudo combinou na perfeição e no geral a queda é mais para os doces, que eu não me importo nada! 

O preço é óptimo, tenho as minhas sérias dúvidas se em Lisboa pagaria o mesmo...
Tem a vantagem de nos darem a escolher entre uma série de coisas, incluindo os bolos, não temos uma prateleira com os mais fraquinhos por onde escolher, podemos escolher praticamente todos!! A faltar, apesar de já não ter espaço, ficaram os ovos.

O café é opcional, podem preferi-lo em vez do chá. Eu optei por pedir um cappuccino à parte no final. 

A cereja no topo do bolo foi o espaço do mundo da fantasia nas traseiras. Com várias mesas e uma área mais lounge que pode ser maravilhosamente aproveitado em dias de melhor tempo. Um cantinho de relaxamento que tornou a experiência toda perfeita! 


Ao contrário do que seria de esperar, ou ao contrário do que encontro em vários fins de semana em Lisboa, o espaço não estava nada cheio, nem barulhento. 
Chegámos ao 12h30 e foi tudo bastante tranquilo, não tivemos de ficar na fila, esperar por mesa, estar num sítio com imensa confusão, etc etc. Foi o brunch ideal! 

Já experimentaram?

1 comentário

  1. Quando fui ao Porto visitei a Casinha e adorei! O espaço, o conceito, as delícias que estavam na montra do balcão, tudo :)

    ResponderEliminar

Professional Blog Designs by pipdig