AKLA

Não é todos os dias que se tem a oportunidade de visitar um dos melhores hotéis de Lisboa e jantar no restaurante onde Marc Zuckerberg comeu durante o WebSummit - o AKLA. Não me considero minimamente starstruck mas confesso que achei piada ouvir as histórias que as simpáticas pessoas que nos atenderam contaram.

Mas vamos ao que interessa. O restaurante está situado dentro do Intercontinental Lisbon Hotel, é gerido pelo Chef Eddy Melo e contém uma série de delicias de cozinha do mundo influenciadas pelas suas experiências profissionais no Canadá, EUA e Jamaica, mas com base nos sabores portugueses.

É um espaço super amplo, com booths muito confortáveis para grupos e recantos para um jantar romântico de duas pessoas. A decoração é em tons de azul, uma mistura entre o clássico e o moderno com os azulejos tradicionais portugueses, perfeito para estrangeiros (a grande parte dos visitantes) ficarem com o gostinho de Portugal.

Eu e o Rui somos os mestres das entradas e eu das sobremesas, são sem dúvida as nossas partes favoritas de uma refeição e por isso quisemos experimentar dois pratos. As Vieiras Braseadas com brás de espargos verdes e alho francês, uma delicia, o meu prato favorito! E o Ceviche de Atum Açoriano com cenoura Bio picante, abacate e ovas Tobiko Wasabi, uma conjugação de sabores perfeita, ao nível do restaurante a Cevicheria. 


Apesar de comer muito poucas vezes carne confesso que não consigo resistir a borrego, estranho não?! É uma carne com um sabor super intenso mas eu adoro. Comi a Costeleta de Cordeiro Irlandês e estava de comer e chorar por mais, a carne super tenra e saborosa, cozinhada no ponto. Para acompanhar tive de pedir batatas fritas e ainda espinafres com chalotas, passas e pinhõs. Podem escolher à parte os acompanhamentos que quiserem, super prático e fácil de conjugar.


Para terminar uma sobremesa para cada um, of course. O Rui decidiu ser mais tradicional e pediu uma mousse de chocolate apresentada num formato e com uma textura diferente mas divinal, e eu optei pela Floresta Negra, uma caixinha de surpresas onde cada colherada era uma descoberta. Não podia ter escolhido melhor.

Acho que no passado não considerávamos ir jantar a um hotel porque os restaurantes não tinham a melhor fama mas hoje em dia o jogo está claramente a mudar e vamos estar mais atentos a estas pérolas. Muitos destes hotéis têm chefes excepcionais e ementas recheadas de verdadeiras experiências gastronómicas por isso vale mesmo a pena manter o alerta. Foi um jantar maravilhoso, fomos super bem atendidos por toda a equipa e sentimo-nos verdadeiramente em casa. 



Sem comentários

Enviar um comentário

Professional Blog Designs by pipdig